13 de novembro de 2011

Dia bonito de céu azul

Hoje o sol voltou a brilhar e o céu ficou novamente azul, a chuva apareceu, mas logo foi embora, sabia que não tinha lugar para ela.

As praias quase cheias, muita gente tomou coragem e foi visitar o mar, ele sentia saudade de seus visitantes, queriam eles lá, estava sentindo muito sozinho, só a chuva fazia companhia, chuva é frio e sem colorido, o mar não gosta de frio, prefere o colorido dos biquínis, cangas e chapéus e barracas, do barulho dos vendedores ambulantes e de todos aqueles que vivem do comércio da praia.
Sentia falta das paqueras e dos grandes amores.
O MAR é vivo ele tem desejo, sente saudades, gosta de embalar nas suas águas os corpos dos apaixonados, as vezes ele arrasta para o infinito.

5 de novembro de 2011

Chuva, frio ventos

Não combina com Salvador este tipo de clima, quando fala em Salvador vem logo a mente céu azul, sol brilhando,  com águas mornas e tranquilas.
Ventos, chuvas e  mar revolto só mesmo no Mar Morto de Jorge Amado.
Hoje o sol está querendo aparecer com a sua doce presença, mas as nuvens teima em não deixar o sol passar, ou nuvens seja razoável e deixa o sol passar e aquecer a minha vida.