12 de março de 2013

As desculpas


Você foge do meu amor, mas está enroscado nele. Entranhado.
Solte as amarras tem medo de quê do amor? Ou covardia!
Amar não trás medo, trás paz, tranquilidade, força para viver.
Não adianta falar que não tem tempo.
Sei que sou a única que vive em seu coração.
O  tempo que faz somos nós.
A distância existe, mas não determina nada.

3 comentários:

  1. Nunca desista de uma amizade ou de um grande amor só porque a distância os separou; seja paciente como o sol e a lua pois quando se encontram formam um dos fenómenos mais belos do universo
    ~André s.Corrêa
    Cumprimentos

    ResponderExcluir
  2. Olá Tudo bem. Sou a Leia Bous e vim apresentar o livro do meu amigo escritor Ulisses Sebrian. O livro é um delicia emocionante e um pouco picante. Chame-se o Diário do amor e da Felicidade. Basta dar um click no link para ler. Amei. entre no blog do Ulisses Sebrian http://truquedevida.blogspot.com.br/ e na a barra lateral tem a capa do livro só dar um click. Bjos.

    ResponderExcluir
  3. Não ter tempo é uma grande desculpa, são desvios, é fugir. Hoje não se alimenta o amor, espera-se que que surja do nada! O amor é uma conquista de todos os dias, é o alimento que se da a uma relação. As emoções estão na conquista e dar vida. O amor é, na realidade, a força mais importante que contribui para o bem estar. A distancia é só uma medida em km.

    ResponderExcluir