12 de julho de 2014

A Vaidade do Técnico.

Serve de lição para Felipão aprender que seleção não faz em 30 dias, seleção é outra coisa.
Qualquer seleção sem técnico aconteceria à mesma coisa.
Seleção de jogadores que joga no exterior e nem se conhecem.
Porque não convocou quem estava no Brasil com experiência e conhecimento de Copa do Mundo?
A vaidade falou mais alto e quebrou a cara.
Mas quebrar a cara com salário de oito milhões por ano não faz tanta diferença.
Vai chorar lágrimas de R$ milhões, então?
Holanda deveria ter dado era de 10, pena que foi só três.
Desde primeiro jogo com a Croácia que sabia que a seleção não tinha técnico, mas apenas um cara cheio de vaidade querendo vender uma imagem que não existia.

Agora vaiar seleção é coisa de gente que não tem educação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário