4 de março de 2016

A Vida!

A fragilidade da vida.
Uma bela flor nasceu
Cresceu e exalou seu perfume
Coloriu a vida
Enfeitou salas e jardins
Alegrou muitos e perfumou todos
Deu muitas sementes e frutos
De seus frutos, nasceu suas sementes que gerou novas flores
E coloriu o universo com sua beleza.
Murchou, secou e perdendo toda a sua força..
Ficou apenas os galhos secos.
Não dava para brotar mais flores.
Partiu o vento levou suas pétalas.
Homenagem ao meu Pai
Jonas Alves Cunha
02/03/16

Nenhum comentário:

Postar um comentário