24 de abril de 2016

Flores na Janela!

Sol se esconde, as nuvens cobre tudo.
A chuva quer cair, o dia não quer acordar.
O domingo não quer brilhar, ou as nuvens não quer deixar.
Coração bate triste quero o sol tomar,.
Os pés quer ser acariciado pelo mar, a areia sente falta deles e chama por eles.
A vida fica nublado e sem vida.
O coração em tristeza fica recluso e solitário,
A alma quer dançar, correr, viver, cantar.
O corpo retrai quer ficar, não quer sair, chore de saudades.
Saudades, nem sabe de que sente saudades.
A vida passa igual raio de faixo de luz.
Segredos,  segredos não existe.
Ilusão da alma, alma entristecida.
Na paz que mereço e no amor que devoto a vida.
A vida que me abraço repleta de amor.
Alguém me chama quer minha opinião..

Nenhum comentário:

Postar um comentário