3 de maio de 2016

O Sonho que Passou.

Eu amava mais que tudo na vida
Reverenciava
Queria de corpo e alma
Desejava ardentemente
Sonhava todos os dias
Vivia grandes paixões
Queria a cada segundo
Falava pensava e sentia todos os momentos
As mãos eram macias e quentes.
Percorria todo o corpo.
Deslizava pela vida.
Queria demais, sonhava, idealizava, pensava e desejava.
Vivia aquela valsa da paixão.
Cronometrava cada dia que faltava.
Programava cada detalhe.
Imaginava cada sonho, cada pensamento.
Queria, sonhava, vivia e tinha na doce ilusão que vivia.
Sim, sinos na capela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário