4 de junho de 2014

As Surpresas da Vida!

Olhando a vida sentir que as surpresas da vida estão em todas as direções.
"Não sei se o poema é bonito, mas sei que preciso escrever"
O universo é infinito e tantas pessoas vivendo nele, e neste mundo sem fronteiras dois seres se encontrarm para compartilhar uma estória de amor.
Com vidas, e viver tão diferenciados, mundos opostos.
É como diz Oswaldo Montenegro, "A folha em branco me assusta"
Será que as surpresas da vida também assusta, é como uma folha em branco?
Não sei responder, sei apenas que o poema é bonito.

Um comentário:

  1. Uma excelente escolha. Para mim também é difícil comentar poemas, até acho que não são para comentar mas sim para sentir. Invade-me e as vezes arrepia, sente-se!
    Diria antes que o universo não tem fim e neste mundo tão pequeno vivem tantas pessoas.
    Bj

    ResponderExcluir