25 de setembro de 2014

As Decisões da vida ou as decisões cotidianas.

Tomar uma decisão na vida requer equilíbrio, tem gente que fica pensando na morte da bezerra para decidir e deixa o tempo passar por longas datas, ou até mesmo anos, décadas, sei lá infinitas...
Sou imediatista; se é para ir eu vou, se é para ficar eu fico.
Pensar demais não resolve e nem adianta nada, indecisão não é uma virtude.
Não gosto de decidir minha vida na espera da decisão dos outros.
Um adulto tem as suas próprias decisões.
Poste é que fica parado esperando, eu não sou poste!
Eu faço a minha estória e você é que faz a sua.

Nenhum comentário:

Postar um comentário