27 de janeiro de 2016

Nada sobrou, nem os pensamentos

Confesso que sonhei tão grande, queria tantas coisas.
Hoje vejo que tudo foi em vão, até os sonhos foi, bateu em retirada igual os pássaros das revoadas.
Vida cruel, bem que poderia ser diferente, mas cada dia é pior.
Hoje estou igual Augusto dos Anjos não vejo nada bonito só solidão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário