27 de julho de 2011

Uma tarde como qualquer outra.


Final de tarde e de mês e quase final de semana, aliás, meio da semana.
A chuva cai, batem os pingos na janela, tarde perfeita para viver grandes momentos, estou sozinha a observar a chuva, não sozinha estou comigo mesma, a final eu sou a minha melhor companhia.


Hoje não estava a fim de escrever até que surgiu boas idéias, mas mudei o foco, queria pensar e falar de outras assuntos naveguei e nada de importante encontrei, apenas o habitual da net.


Ah! Não quero saber destas coisas pequenas que não acrescenta, quero alguma coisa que possa mudar o meu atual estado de espírito, que às vezes está radiante e sem mais nem menos volta a ficar triste, sei lá são as coisas da vida, não é bem triste, é melancólico, pensativo, reflexivo, ando pensando demais, não deveria ser assim, mas são os meus pensamentos fluindo e borbulhando na minha mente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário