14 de janeiro de 2011

INDAGAÇÕES DA ALMA

São perguntas sem respostas, indagações jogada ao vento, como saber se seria de outra maneira? Fica difícil de imaginar qual seria o amanhã de tudo? Teria sol brilhando e céu azul, poderia mas se fosse dia escuro com nuvens negras pairando sobre o céu, com cara de tempestade relâmpagos e muitos trovões?

Perguntas que nunca terão as respostas, porque ninguém chegou ao futuro, primeiro o presente, o futuro não pertence a ninguém.

Quem garante o prolongamento da vida até o amanhã? É melhor ficar no presente e viver intensamente sem pensar no futuro.

Pensando bem e olhando do alto e fazendo uma análise as sementes com certeza nascerão e crescerão e transformarão em lindos frutos, com destinos diferentes e muito mais felizes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário